Argélia

Especial Copa 2010

Ê, FARAÓ…

O post é sobre a Argélia, mas quero antes falar do Egito. Como o bicampeão da Copa da África é eliminado pela seleção de um país que: 1) só fez um jogador de renome (e ele atuava pela França); 2) estava há 24 anos sem ir a um mundial!?! Que papelão, faraós!

Sobre a Argélia, vou me permitir reproduzir um parágrafo do Globoesporte.com que resume tudo o que eu poderia dizer:

“A Argélia não tem nenhum grande jogador. Metade do time atua em clubes médios ou pequenos da Europa e a outra metade no futebol local. O ídolo é Rafik Saifi, 18 gols, sexto maior artilheiro da história da seleção. O time atual, no entanto, não parece ter o fôlego daquele de 1982, que venceu duas partidas na Copa e só não se classificou por causa do jogo de compadres entre Áustria e Alemanha Ocidental. Na Copa Africana de Nações, foi até a semifinal, mas foi eliminada com uma goleada de 4 a 0 para o Egito e acabou em quarto lugar, pois também perdeu para a Nigéria em seguida.”

Ou seja, não representa qualquer perigo para Inglaterra, Estados Unidos ou Eslovênia.

Nota: vale registrar que os argelinos são loucos por futebol e essa classificação para a África do Sul foi muito comemorada no país. Desde 86, os caras só torceram pelo Zidane… tomara que eles curtam a Copa 2010!

Craque do time:
Nome: Rafik Saifi
Clube: Istres (França)
Posição: atacante
Especialidade: esse acho melhor mostrar do que descrever…