Assistência feminina na arbitragem de Santa Catarina

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) tem escalado um time feminino de árbitros-assistentes que está sendo destaque no estadual 2011.

Além da paixão pelo futebol e do curso superior, elas têm também um sonho em comum: chegar ao quadro da Fifa. No portal http://www.clicrbs.com.br elas contaram suas histórias com o esporte e como lidam com os homens em campo (leia na íntegra):

– Não fico muito preocupada com a pressão dos atletas e da torcida, porque quando estou jogando eu sei que sou pior do que eles – brinca a dentista. – afirma Nadine Schramm Câmara Bastos, que trocou o tênis pelo futebol.

Já Loiziane Schappo foi jogadora de futsal e chegou à arbitragem por dica de um ex-namorado. Solteira, ela conta que já recebeu flores de um torcedor no intervalo de um jogo.

Mas o respeito ao trabalho das moças vai além do cavalheirismo. A assistente Cleidy Mary Ribeiro, de 40 anos, é a mais antiga na Fifa, entre homens e mulheres, com 16 anos no quadro de arbitragem.

Leia mais: Joinville leva mais uma equipe para as disputas de futebol feminino em Santa Catarina

Ábitras assistentes atuam no campeonato estadual catarinense (foto: Portal Clicrbs)