Dinamite: clubes precisam se organizar pelo futebol feminino

 

No mesmo encontro em que confirmou a volta de Juninho Pernambucano ao Vasco, o presidente do cruzmaltino declarou que os quatro grandes clues cariocas precisam aproveitar a parceria que têm firmado em algumas áreas para o desenvolver o futebol feminino no Rio.

Roberto ressaltou ainda que a realização de campeonatos, muitas vezes, é inviabilizada pelos custos envolvidos e cobrou mais apoio do governo, da CBF e das federações. “Os clubes e as empresas precisam de incentivos para investirem na modalidade”, afirmou.

Sobre o Juninho, Dinamite afirmou que o jogador deve chegar em cerca de dois meses. “Ele vem porque gosta do Vasco e quer encerrar a carreira no clube”, revelou. O presidente disse ainda que a repatriação do jogador terá custo praticamente zero para o Vasco da Gama e que o contrato deverá prever um projeto para o ídolo continuar no futebol cruzmaltino, talvez como técnico.